Marketing

Social Media Marketing – 26/03 – Isvouga MKT Sessions

Publicado em Atualizado em

 

A quinta edição ISVOUGA MARKETING SESSIONS vai discutir a importância do universo Social Media no Marketing. A 26 de Março, Helder Falcão e Vasco Marques são os oradores. Às 19h, no auditório do Isvouga, em Santa Maria da Feira 

Inscrição obrigatória pelo email: marketing.sessions@est.isvouga.pt .

ENTRADA LIVRE

Mais pormenores vão sendo actualizados no blogue ISVOUGA MKT SESSIONS

Anúncios

QSP Summit 2012: os receios do «online turn»

Publicado em Atualizado em

«The new wave of marketing» - QSP Summit 2012 - 8 de Março Exponor, Matosinhos

Outro dos nomes em destaque na QSP Summit de 2012 foi Annet Aris, professora adjunta em Estratégia no INSEAD, responsável pelo curso de MBA “Managing Media Companies” e convidada na Rotterdam School of Management, onde lecciona “The future of advertising”.

Annet Aris, uma das principais oradoras da QSP Summit 2012

 

«Menos é mais: marketing num mundo digital» foi o tema da apresentação onde esta especialista em Media defende que «os meios digitais estão a mudar o panorama dos meios de comunicação a uma velocidade sem precedentes». No entender de Aris no mundo digital, o marketing vai necessitar de mudar as suas abordagens, tornar-se mais segmentado, quantificável e interactivo. Durante a apresentação na Exponor salientou a passagem do marketing tradicional para o social marketing: smart push para o create pull; marketer is performer para marketer is director; one way para interactive e, campaign driven para ongoing.

Uma das principais barreiras assinaladas por esta professora em Estratégia para a resistência ao online é a questão das métricas, medição dos resultados, os recursos humanos, a aceitação da administração e o  brand risk.

Entre as mutações em curso Aris destacou entre outros: 

  • A adopção da tecnologia e a rápida implantação da banda larga de alta velocidade e das plataformas de televisão digital
  • o crescimento exponencial do social e mobile media ( o que assinala mudanças significativas no comportamento do consumidor)
  • Em simultâneo, a disponibilidade para pagar conteúdos está a decrescer rapidamente
  • as empresas de meios de comunicação desesperam por encontrar formas de aumentar as receitas em publicidade, uma vez que o aparecimento de novos players digitais lhes está a retirar uma parte significativa das receitas de publicidade, para além de possibilitarem uma maior interacção com o consumidor

 Por outro lado, os diferentes agentes estão a ter dificuldade em concertar estratégias e abordagens. Aris sublinha por um lado:

  • o atraso da entrada na onda digital por parte das agências de publicidade
  • a falta de competências digitais
  • os mais ousados estão a transferir grande parte do seu orçamento para o mundo digital
  • Risco para a eficácia do marketing (excesso, bombardeamento)

Outras mensagens deixadas por esta especialista em media:

◦  O mundo digital permitirá aos marketeers alcançar e interagir com os clientes em qualquer lugar e a qualquer momento.

◦  os grandes marketeers terão de transferir uma parte significativa do seu orçamento de marketing para o digital.

◦ O marketing corre um sério risco de declínio porque os seus clientes serão inundados de mensagens de marketing.

◦ É necessário reformular o ambiente do marketing digital para assegurar os seus potenciais benefícios na publicidade, nas empresas de meios de comunicação nos consumidores que já se encontram satisfeitos.

Annet  Aris é também membro da Direcção do Grupo Sanoma, em Helsínquia, uma revista líder na Europa e editora educacional, ocupando o cargo de Vice-Presidente da Delegação de Recursos Humanos. Também é Membro da Direcção da V-Ventures (Amesterdão), um fundo de investimento de meios, proprietária da ANP (serviço de notícias Holandês); da Tomorrow-Focus AG (Munique), empresa proprietária da Holidaycheck.de, Elitepartner.de e Focus.de; da Jungheinrich AG (Hamburgo), uma empresa fabricante de equipamentos de manuseamento; e da ASR Nederland N.V. (Utreque), uma companhia de seguros Holandesa. Além disso, também é Membro do Conselho da Fundação “Beeld & Geluid”, da Fundação Volkskrant e preside o International Advisory Board da Universidade de Maastricht Faculty of Business and Economics. Juntamente com Jacques Bughin, escreveu o livro “Managing Media Companies, Harnessing Creative Value”, editado pela Wiley’s em 2009.

Uma síntese da comunicação de Hermawan Kartajaya e uma entrevista a Gian Fulgoni  ao Dinheiro Vivo estão disponíveis no blogue Isvouga Marketing Sessions.

«… see the bright side of crisis» diz Kartajaya

Publicado em Atualizado em

Um dos 50 gurus do Marketing, co-autor do livro Marketing 3.0, defende uma nova postura na forma como se fazem negócios na actualidade. Para Hermawan Kartajaya, uma crise é perigosa mas também uma oportunidade para se fazer diferente. A sua comunicação no âmbito da 6ª QSP Summit, na Exponor, no dia 8 de Março de 2012, destacou a ideia de que o consumidor deixou de ser estúpido. Mais conhecimento, diálogo, acesso e partilha de informação fazem com que que as marcas tenham de assumir uma postura mais integra, com respeito pelos mercados até porque, no entender deste especialista: «character is more important than brand».

Um resumo da intervenção está disponível no blogue ISVOUGA MARKETING SESSIONS (The new wave of marketing).

Uma outra comunicação de Hermawan Kartajaya, onde encontram algumas das principais ideias deste especialista em Marketing, pode ser acedida AQUI.

Ver também artigo de Catarina Madeira no Económico – “Netizens”: a comunidade que vai mudar o marketing.

4 razões para mudar de atitude

Publicado em Atualizado em

«Starting a small business takes a lot of hard work and talent. Keeping a small business going takes even more of the same. According to labor statistics, more than 80 percent of businesses fail within the first year – but very few reports explain why».

Katie Morrel, no artigo 4 Reasons Companies Fail , recorda o autor do livro «Your Marketing Sucks»,  Mark Stevens, para quem há 4 razões para o desaparecimento de um pequeno negócio:

Livro de Mark Stevens
Livro de Mark Stevens

 1. Lack of leadership

“Set the example yourself,” he says. “At my company, I tell my employees to give me homework. This shows them that their leader is willing to do the work to make the company exceptional, not just the job of a CEO.” Leaders also reward high performing team members, he says.

 2. Complacency

“I see companies that were doing really well before 2008 because there was simply enough business to go around,” Stevens says. “They got lazy, didn’t do marketing, and assumed it would always be that way. Then, when things got bad, they had to close up shop.” 

3. Hot and cold customer treatment

This is where small businesses have an advantage, Stevens says. “Lets say you sell someone a dish set. After they take it home, send them a card that says, ‘I hope you enjoy a million happy meals on these plates’ and I guarantee that person will come back to your store.”

 4. Conventional thinking

  “You really need to look at yourself and ask, ‘What is the wisest thing to do in my business for my team members and for my clients?’”

Falar de Marketing Infantil, a 13 Dez, no Isvouga

Publicado em Atualizado em

 

Marketing Infantil: desafios e responsabilidades é o título da apresentação de Ana Côrte-Real, oradora de mais uma edição ISVOUGA Marketing Sessions, a decorrer a 13 de Dezembro, a partir das 14h30, no auditório do ISVOUGA. Esta especialista neste ramo do Marketing, estudou a percepção das marcas e mascotes junto de crianças e concluiu que os mais pequenos sabem o que é uma marca. Na deslocação ao ISVOUGA irá apresentar exemplos práticos e abordará ainda a questão da ética na investigação infantil. Nuno Moura, Marketing Manager da Prénatal será o segundo orador, contribuindo com um outro olhar para os esforços de comunicação dirigidos às mães e às futuras mães, também enquanto decisoras da compra nos primeiros anos de vida. Este profissional trará ainda como caso prático a Campanha Outono/Inverno da marca. Entrada livre.

O currículo na era 2.0

Publicado em Atualizado em

O uso adequado de uma rede social pode potenciar, em termos profissionais, o surgimento de desafios. É também uma oportunidade para empreender um exercício de conhecimento pessoal e realizar um diagnóstico ao mercado. Antes de iniciar a pesquisa e traçar o caminho a seguir, sugere-se a visualização do seguinte vídeo.

O regresso de Morgan Spurlock

Publicado em


O criador de Supersize Me (aquele em que Spurlock comia em exclusivo os produtos da Mcdonald’s) regressa com mais um filme-documentário, desta vez inteiramente dedicado ao product placement.