mediapressure

Literacia mediática: melhor conhecimento, melhores escolhas?

Publicado em Atualizado em

É essencial a uma sociedade saudável ter cidadãos que saibam interpretar o que veem, leem e ouvem. Mas também a saber produzir conteúdos, já que, agora, todos podem ser produtores de media.
O Nativos Digitais ouviu diferentes especialistas e responsáveis, para entender o estado da literacia para os media em Portugal. A principal conclusão é que ainda há um longo caminho a percorrer.

Recursos úteis sobre literacia mediática

Publicado em Atualizado em

Media literacy is the ability to access, analyze, evaluate, and create media. Media literate youth and adults are better able to understand the complex messages we receive from television, radio, Internet, newspapers, magazines, books, billboards, video games, music, and all other forms of media. Media literacy skills are included in the educational standards of every state—in language arts, social studies, health, science, and other subjects.  Many educators have discovered that media literacy is an effective and engaging way to apply critical thinking skills to a wide range of issues.

[MEDIA LITERACY PROJECT]

Para que servem as mãos?

Publicado em

A Companhia de Teatro de Marionetas Mandrágora envolveu-se numa campanha de alerta à violência. Ver o vídeo Para que servem as mãos?

Um projeto que visa identificar a violência entre crianças e as suas consequências, e também consciencializar a comunidade para a importância da prevenção dos maus tratos na infância. O projeto procura estimular e favorecer nas crianças a expressão de uma visão crítica do mundo. 

RESUMO HISTÓRICO

Para que Servem as Mãos” foi realizado 27 vezes em 23 locais distintos para um público de 1665. Na sua digressão, participou em 2 festivais e encontros.

Barómetro da Comunicação

Publicado em

Barómetro da Comunicação é um relatório publicado em 2014 com uma análise à evolução do sector dos meios de comunicação em Portugal. Dedica um capítulo à publicidade e outro à «força motriz do mercado de media», o consumidor.

Aceder ao documento em pdf AQUI.

Informação relativamente à recolha da informação: Os dados resultam de um inquérito online administrado a dirigentes de várias empresas e grupos de comunicação que actuam em Portugal. O universo da amostra é constituído por Gestores/Directores/Administradores de títulos de Media a exercer actividade em várias empresas pertencentes a diferentes grupos empresariais (ex: Rádio Renascença, Lusa, Sábado, Record, O Jogo, Correio da Manhã, TVI, RTP, SIC, Zon, Economicasgps, Diário de Notícias, Jornal de Notícias, etc.). Foram validadas 52 respostas dadas por Gestores/Directores/Administradores de vários grupos de Media. No entanto, nem todos os inquiridos optaram por responder à totalidade das questões colocadas. A informação foi recolhida com base num inquérito por questionário disponibilizado online, elaborado pelo OberCom, através do sistema LimeSurvey. [OberCom]

O uso do twitter para divulgar a ciência?

Imagem Publicado em Atualizado em

twitter-and-science_5190ed20168db_jpg-e1368468836853

«Academics are now able to network and receive feedback from fellow researchers and the public online, which builds friendships and presents professional opportunities. Scientists online can converse with fellow writers, scientists, artists, researchers, and teachers from all over the world, a pool of contacts far larger than any university faculty. A Twitter follower audience is able to provide near-instant opinions and references, can be used to crowdsource data, and spread awareness or knowledge about a certain issue or topic one feels passionately about-which can result in an overwhelming response of support».

«By bringing science to the public in digestible 140 character messages in a neutral environment such as the Internet, people are able to access science without taking any risks or making an extensive effort to involve oneself».

Mais informação AQUI

Para Pensar e/ou Rir.2

Publicado em Atualizado em

Cartoon Dilbert – janeiro 2014 – jornal I

E sobre a comunicação nas organizações: como explicar a alguém que enviou um email idiota, escrito com os pés?

Literacia mediática?

Publicado em

A Unesco, a União Europeia e as universidades têm desenvolvido esforços no sentido de avaliar os níveis de literacia mediática. Qual será a importância desta competência para a formação de cidadãos mais interventivos?