comunicação

Barómetro da Comunicação

Publicado em

Barómetro da Comunicação é um relatório publicado em 2014 com uma análise à evolução do sector dos meios de comunicação em Portugal. Dedica um capítulo à publicidade e outro à «força motriz do mercado de media», o consumidor.

Aceder ao documento em pdf AQUI.

Informação relativamente à recolha da informação: Os dados resultam de um inquérito online administrado a dirigentes de várias empresas e grupos de comunicação que actuam em Portugal. O universo da amostra é constituído por Gestores/Directores/Administradores de títulos de Media a exercer actividade em várias empresas pertencentes a diferentes grupos empresariais (ex: Rádio Renascença, Lusa, Sábado, Record, O Jogo, Correio da Manhã, TVI, RTP, SIC, Zon, Economicasgps, Diário de Notícias, Jornal de Notícias, etc.). Foram validadas 52 respostas dadas por Gestores/Directores/Administradores de vários grupos de Media. No entanto, nem todos os inquiridos optaram por responder à totalidade das questões colocadas. A informação foi recolhida com base num inquérito por questionário disponibilizado online, elaborado pelo OberCom, através do sistema LimeSurvey. [OberCom]

Anúncios

O uso do twitter para divulgar a ciência?

Imagem Publicado em Atualizado em

twitter-and-science_5190ed20168db_jpg-e1368468836853

«Academics are now able to network and receive feedback from fellow researchers and the public online, which builds friendships and presents professional opportunities. Scientists online can converse with fellow writers, scientists, artists, researchers, and teachers from all over the world, a pool of contacts far larger than any university faculty. A Twitter follower audience is able to provide near-instant opinions and references, can be used to crowdsource data, and spread awareness or knowledge about a certain issue or topic one feels passionately about-which can result in an overwhelming response of support».

«By bringing science to the public in digestible 140 character messages in a neutral environment such as the Internet, people are able to access science without taking any risks or making an extensive effort to involve oneself».

Mais informação AQUI

A ciência da persuasão

Publicado em

Desde os primeiros estudos que se concentraram na análise dos efeitos dos meios de comunicação, os meandros da persuasão, são uma das grandes preocupações dos investigadores e profissionais da comunicação. A identificação da lei do emissor (e a sua importância no processo comunicativo), mas também a existência de mecanismos que limitam a atenção e a memorização das mensagens mediáticas, são hoje elementos que continuam a despertar o interesse de todos aqueles que têm que fazer a gestão de mensagens. Uma preocupação maior do que aquela que mobilizou os primeiros estudos, no início do séc. XX.  Na verdade, o turbilhão de mensagens com que somos bombardeados, a rapidez e, por vezes ligeireza, como nos transmitem a informação, obrigam a que se repense como é que se pode assegurar a eficácia comunicativa. Neste vídeo são identificados alguns princípios da ciência da persuasão.